“Sentir” o Corpo

“Sentir” o Corpo

Disciplina:

Geografia

Ciclo: Ensino Fundamental – 1ª a 4ª
Assunto: Localização e relações projetivas
Tipo: Metodologias

As idéias de localização são abstratas para as crianças de 7 e 8 anos, porém o professor pode encontrar formas de torná-las mais concretas.

Por meio de exercícios e brincadeiras que tenham o próprio corpo da criança como referência e que possibilitem “sentir” o espaço, o professor pode, periodicamente, verificar se todos conseguem estabelecer corretamente as relações projetivas – direita/esquerda, frente/trás, cima/baixo.

O professor pede às crianças que colem um barbante na testa (com fita adesiva) em direção ao nariz, indo até o chão. O barbante fica pendurado, simulando uma divisão do corpo ao meio, no sentido vertical. As crianças podem imaginar que seu corpo está separado em duas partes – a direita e a esquerda – pelo barbante colado.

Em seguida, podem desenvolver exercícios de identificação: levantar o braço direito, pular com a perna esquerda, pegar na orelha direita, dobrar o joelho esquerdo, fechar a mão direita, e assim por diante.

Em duplas, os alunos são colocados um de frente para o outro; o professor repete os comandos. As crianças devem observar a inversão que ocorre entre esquerda e direita no colega que está a sua frente, em relação a seu próprio corpo.

Uma variação desse exercício é o “banho de papel”. Com uma bolinha de papel que será utilizada como se fosse um sabonete, as crianças, ainda “divididas ao meio”, brincam de tomar banho limpando as partes do corpo ditadas pelo professor.

O professor observa o desempenho dos alunos durante a atividade, intervindo com perguntas quando for necessário.

Brincando, os alunos passam a dominar os conceitos e as idéias de localização, que são necessários para a compreensão da linguagem cartográfica.

Desenvolver, posteriormente, atividades com gravuras, apontando-se objetos que estejam à direita ou à esquerda em relação a outros, conforme a orientação do professor.

Outra possibilidade é solicitar que os alunos desenhem, a partir de um determinado ponto da folha ou de uma figura, objetos que fiquem atrás, na frente, em cima, embaixo, à esquerda ou à direta do referencial definido pelo professor.

Texto original: Vera Lúcia Moreira
Edição: Equipe EducaRede

 (CC BY-NC Acervo Educarede Brasil)
10/05/2002

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *