Selecionando gêneros do discurso para trabalho.

Selecionando gêneros do discurso para trabalho.

Disciplina:

Língua Portuguesa/Literatura

Ciclo: Ensino Fundamental – 5ª a 9ª
Assunto: Seleção de gêneros do discurso.
Tipo: Metodologias

Em dicas anteriores referimo-nos à necessidade de tomar as características dos gêneros do discurso como objeto de ensino, dado que todo discurso produzido é organizado em um gênero da linguagem oral ou escrita.

Dissemos também que as características do contexto de produção dos discursos são definidoras do texto que resulta desse processo, e que os gêneros são um dos elementos constitutivos do contexto de produção. Assim, é desnecessário insistirmos na importância de tomá-los como objeto de ensino.

No entanto, os gêneros do discurso são inúmeros e o tempo escolar, bastante limitado. Por isso temos de priorizar o que será estudado e, para isto, temos de definir critérios. Recomendamos que sejam escolhidos os temas importantes para a participação social, o que nos remete aos gêneros de circulação em instâncias públicas de linguagem.

Além disso, é preciso considerar que nem todos os gêneros devem ser tratados igualmente em leitura/escuta e em produção; ao contrário, há gêneros cujo trabalho deve centrar-se na produção e outros, na leitura; há gêneros que se prestam mais à escuta e outros, à fala.

Sugerimos ao professor elaborar um quadro como o que segue para organização do trabalho com os gêneros.

A seleção dos gêneros deve articular-se com as competências pretendidas para os alunos. Se, por exemplo, pretende-se a formação de um aluno que seja capaz de compreender criticamente a realidade social, trabalhar com gêneros que prevejam a argumentação — como o debate, o artigo de opinião, a mesa-redonda — é fundamental.

A seguir, apresentamos uma relação de alguns gêneros classificados de acordo com a esfera de circulação, que pode servir de referência para a organização curricular.

Escolha o mais interessante para os seus alunos, elabore um planejamento possível de ser realizado em sala de aula e bom trabalho.

Texto original: Kátia Lomba Bräkling
Edição: Equipe EducaRede

(CC BY-NC Acervo Educarede Brasil)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *