Representações humanas

Disciplina: Arte – Educação Artística
Ciclo: Ensino Médio
Assunto: Retratos e auto-retratos
Tipo: Metodologias

O trabalho com as artes visuais na escola tem sempre como um dos objetivos fortalecer a expressão dos indivíduos por meio da linguagem visual. No Ensino Médio, momento de busca permanente pela própria identidade, isso pode se dar em diálogo com os trabalhos dos artistas.

Para que essa atividade seja bem desenvolvida em sala de aula serão necessárias três ou quatro aulas. Na primeira delas, converse com os alunos a respeito dessa proposta e, em seguida, deixe que eles escolham entre realizar uma pesquisa no site do Museu de Arte de São Paulo ou visitar o museu. No site há diversas imagens de obras de artistas, além de informações sobre o funcionamento do Museu.

Nessa pesquisa, eles devem procurar observar imagens de rostos de figuras humanas, de diferentes períodos da História da Arte, tentando identificar:

As singularidades.
As maneiras com que foram pintados.
Os tamanhos.
As formas.
As linhas.
Os traços do artista.
As marcas das pinceladas.
As cores utilizadas.
A luz e a sombra.
Os sentimentos expressados.

Converse com os alunos olhando algumas das imagens pesquisadas e observe detalhadamente como cada artista faz o rosto humano na sua pintura. O Masp tem, por exemplo, vários retratos do artista Modigliani considerados de excelente qualidade e de singular estilo.

Repare com eles como a maneira de construir um rosto vai mudando no tempo, compare as imagens, suas semelhanças e diferenças. Converse discutindo em quais pinturas aparecem mais detalhes; quais são mais simplificadas; se os rostos aparecem de frente, de perfil ou de cima; quais cores e tons o artista utilizou; como é a pincelada nessas pinturas e que efeito ela provoca; como o artista fez para expressar sentimentos; se usou a cor, a pincelada, o desenho do rosto, enfim, explore ao máximo as maneiras de que os artistas se utilizam para pintar um retrato.

Você pode escolher três ou quatro imagens para realizar uma comparação mais detalhada (se tiver mais tempo, faça esse trabalho em grupos pequenos). Dê preferência para imagens de diferentes períodos da História da Arte. Conclua essas observações pedindo que cada aluno escolha uma imagem de sua preferência justificando a escolha.

Para a aula seguinte peça aos alunos que tragam um pequeno espelho.

No início dessa aula, em uma conversa inicial com seus alunos, retome o que eles descobriram na aula anterior sobre as diferentes maneiras que os artistas utilizam para representar o rosto humano e o que os impressionou mais.

A seguir, proponha a construção de um auto-retrato, mas não se esqueça de fazer os comentários necessários sobre esta forma de expressão. Quando um artista realiza seu auto-retrato, ele pode utilizar tanto um espelho quanto a sua boa memória visual.

Explique aos alunos que a proposta da aula é que eles façam o auto-retrato a fim de aguçar ainda mais a percepção. Para isso eles devem observar atentamente o próprio rosto no espelho por alguns minutos. Estimule uma observação criteriosa do rosto, faça com que descubram as linhas, as formas, as cores, o formato externo, os detalhes, a luz e a sombra. Depois dessa observação, peça para que iniciem o desenho do auto-retrato em tamanho bem grande.

Realizado o desenho (talvez você precise de mais uma aula para que iniciem a pintura), relembre com eles os artistas pesquisados e as características de suas pinturas (pinceladas mais detalhadas ou soltas, cores mais vibrantes ou apagadas etc.); se necessário, volte a olhar as imagens pesquisadas para que possam observar as diferentes maneiras de pintar. Proponha a cada aluno escolher uma maneira de pintar semelhante a um dos artistas pesquisados e a realizar, assim, a pintura do auto-retrato.

Na terceira aula, com os trabalhos finalizados, as duplas analisarão o material produzido, comentando o que chamou mais a atenção e as possíveis relações e interferências nos desenhos realizados por eles das obras de arte pesquisadas.

Se os alunos concordarem, organize uma exposição dos trabalhos e deixe que eles escolham o local onde será feita a exposição. Se isto acontecer, não se esqueça de identificar as obras com o nome do autor e outras informações que julgarem adequadas, assim como prepará-las para serem expostas (por exemplo, apoio ou moldura de cartolina preta, uso de plástico transparente etc.) Também é importante, para finalizar a atividade, conversar com eles sobre todo o processo e o resultado final que, seguramente serão gratificantes.

Para saber mais:
Artistas que realizaram muitos auto-retratos e retratos: Modigliani, Francis Bacon, Rembrandt, Vincent Van Gogh, Mondigliani entre outros.

Texto original: Lelê Ancona
Consultoria pedagógica: Anamélia Bueno Buoro
Edição: Equipe EducaRede

O site indicado neste texto foi visitado em 26/08/2009

(CC BY-NC Acervo Educarede Brasil)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *