Prova Brasil na Escola

 Prova Brasil na Escola

Nova publicação ajuda professores e equipe a entenderem e trabalharem a Prova Brasil

Até 20 de novembro, as escolas públicas urbanas do País participarão da Prova Brasil: um conjunto de testes que avaliam a competência leitora e a competência matemática de alunos das 4ª e das 8ª séries do Ensino Fundamental. Esta iniciativa do Governo Federal tem por finalidade indicar para cada escola a média geral e os percentuais de estudantes por nível de aprendizagem. Cinco milhões de alunos devem responder à Prova Brasil.

Para informar, esclarecer e orientar professores interessados em compreender como a Prova Brasil pode ser aliada do trabalho na escola, o Cenpec, em parceria com a Fundação Tide Setúbal, lança a publicação “Prova Brasil na Escola”.

“A questão aqui enfrentada é: uma vez que as avaliações externas vieram para ficar, melhor entender o que são de fato, o que avaliam e, principalmente, como tirar partido delas, isto é, vantagens para o trabalho em sala de aula”. O Cenpec, coordenador executivo do Programa EducaRede no Brasil, espera contribuir e apoiar o trabalho de professores e técnicos das escolas e abrir caminho para que outros educadores possam ampliar as reflexões aqui iniciadas.

Veja no material:

  • O que pensam os professores sobre a Prova Brasil.
  • Quais são as metas de desempenho a serem atingidas pelos estudantes de acordo com o Movimento Todos Pela Educação.
  • Como interpretar os resultados de Língua Portuguesa da sua escola.
  • Como interpretar os resultados de Matemática da sua escola.
  • Idéias para trabalhar com a Prova Brasil na escola e para além dos muros da escola.

Em breve, o Ministério da Educação deve imprimir e distribuir a publicação, que também será divulgada por parceiros como Undime (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação), Consed (Conselho Nacional de Secretários de Educação), Revista Nova Escola e Secretaria da Educação do Estado de São Paulo.

A primeira edição da Prova Brasil, em 2005, foi aplicada em 5.387 municípios de todas as unidades da federação. Mais de 3 milhões de alunos, distribuídos em cerca de 40 mil escolas públicas urbanas, foram avaliados. Além dos testes, os alunos respondem a um questionário com informações sobre seu contexto social e capital cultural.

(CC BY-NC Acervo Educarede Brasil)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *