Comunidades virtuais

Comunidades virtuais é tema de bate papo

Com a participação de 70 pessoas em sala de bate-papo do EducaRede, a professora Vani Kensi, da USP, esclareceu diversos aspectos ligados ao tema

Comunidades virtuais de aprendizagem foi o assunto do bate-papo que aconteceu nesta terça-feira, dia 20, no portal EducaRede com a Vani Kenski, professora da USP e diretora da ABED (Associação Brasileira de Educação a Distância).

Mas o que é uma comunidade virtual? “O nome comunidade virou moda. Mas a formação de comunidades de aprendizagem depende da articulação, integração, adesão de todos a objetivos comuns de aprendizagem e colaboração para chegarmos ao ideal almejado”, ressaltou Vani, que respondeu a muitas perguntas de 70 pessoas que participaram do chat.

“Não basta o fato de se montar um curso e reunir a turma para termos uma CVA (comunidade virtual de aprendizagem). Ao contrário, a comunidade tem princípios e atitudes de colaboração e preocupação com o crescimento e o aprendizado de todos”, completou.

Quando indagada sobre como fazer os participantes se envolverem numa comunidade virtual de aprendizagem, a convidada aconselhou “é preciso que o professor (tutor, moderador) esteja atento, envie um e-mail para o “ausente” mostrando sinceramente que está sentindo falta da participação dele. Esta é uma boa maneira de “acordá-lo” para a participação”.

Para finalizar a professora Vani disse: “Todos nós que atuamos na reflexão-ação sobre CVA e aprendizagem online temos que estar mais próximos, trocando realmente nossas experiências. Este é o principio da colaboração para fazermos mais e melhor o nosso trabalho em educação.”

(CC BY-NC Acervo Educarede Brasil)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *