Comercial

Disciplina: Arte – Educação Artística
Ciclo: Ensino Médio
Assunto: Teatro, propaganda
Tipo: Metodologias

No Ensino Médio, quando os alunos começam a voltar suas atenções às opções profissionais que existem no mercado, é importante que eles percebam as linguagens artísticas como matéria-prima de muitas profissões da atualidade, por exemplo, Publicidade e Propaganda.

A atividade aqui proposta tem por objetivo desenvolver uma postura crítica sobre o que se vê em termos de propaganda, além de propiciar a criação de uma propaganda utilizando a linguagem cênica.

Uma discussão sobre os comerciais veiculados na televisão pode servir de “aquecimento” para a criação de uma propaganda. A atividade deve ser iniciada com os alunos citando propagandas e comerciais veiculados na TV, discutindo, entre outras questões:

que comerciais convencem mais;
quais as propagandas de que não gostam e por quê;
se percebem ou não a influência dos comerciais nas compras de produtos;
a existência da “propaganda enganosa”;
como as propagandas podem “vender” idéias e pessoas;
até que ponto uma população pode ser massa de manobra da propaganda.

O professor pede aos alunos para tentarem lembrar de propagandas antigas, das quais nunca mais se esqueceram. Depois pode explicar ao grupo que um comercial de TV é como se fosse um pequeno teatro e que o desafio proposto para a classe será a criação de um deles.

Em seguida, fazer com o grupo uma série de exercícios de aquecimento e jogos de improvisação teatral. Não se deve forçar aqueles que não quiserem participar e é importante oferecer-lhes outras possibilidades de ocupação, como cuidar do cenário, do figurino, ou da direção.

A classe deve ser dividida em grupos de quatro a seis alunos e cada grupo escolhe um dos produtos criados em outra atividade ou já existentes para, a partir daí, construírem seu anúncio. É importante lembrá-los de que devem convencer os “telespectadores” e que um comercial é curto, pois o preço de inserções comerciais na TV é alto.

O professor deve observar o desempenho dos alunos, a criação da propaganda, a construção dos personagens, a montagem da cena, a ocupação do espaço cênico, a utilização do tempo, a estruturação dos diálogos, a interação com a platéia.

A ordem de apresentação dos grupos é definida por sorteio e, se possível, é importante filmar as cenas, para que os alunos possam se ver atuando.

Após as apresentações, comentar juntos os resultados, verificando se os comerciais, de fato, convenceriam alguém da necessidade de comprar os produtos anunciados e por quê. Verificar, também, se a história e os personagens convencem cenicamente.

Texto original: Maria Terezinha Teles Guerra
Edição: Equipe EducaRede

(CC BY-NC Acervo Educarede Brasil)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *