Alturas Inacessíveis

Alturas Inacessíveis

Disciplina:

Matemática

Ciclo: Ensino Fundamental – 5ª a 9ª
Assunto: Escalas, ordens de grandeza, trigonometria
Tipo: Materiais didáticos

Objetivo:  Verificar se o aluno compreendeu o conceito de proporcionalidade e semelhança de triângulos e como, com cálculos simples, é possível determinar alturas inascessíveis. O despertar pelo interesse do tema (As sete maravilhas do mundo antigo) também é objetivado.

Pré-Requisito: Razões e proporções, semelhança de triângulos

Observações: A atividade pode ser interdisciplinar uma vez que o tema “As Sete Maravilhas do Mundo Antigo” é mencionado. O professor de história deve ser interado da atividade para poder trabalhar o tema nas aulas de história em caráter de curiosidades.

Autoria: Guilherme Erwin Hartung – Colégio Estadual Embaixador José Bonifácio/RJ

Tipo de Atividade: Conteúdo experimental de simulação

Avaliação da Atividade: É conveniente o professor ter preparado previamente uma lista de exercícios condizente com os experimentos para uma melhor fixação, servindo também para avaliar o aluno.

Contexto da Atividade: O Aluno precisa apenas de um microcomputador com a atividade instalada, um lápis e uma folha para anotações e memória de cálculo

Tempo Previsto para Atividade: 30 minutos

Guia do Professor: 1)O professor faz uma breve abordagem sobre o tema. 2)O professor explica a área de trabalho do aplicativo (painéis de informação, objetivo e dicas/dados, botões de controle). 3)Professor observa o aluno sem interferir. 4)No fim do primeiro experimento o professor questiona o aluno quanto método de cálculo utilizado e conclui o experimento. O mesmo se repete no segundo experimento
Guia do Aluno: No primeiro experimento: 1- o aluno “abre” o aplicativo. 2- o alunos explora o ambiente e lê o conteúdo exposto. 3- o aluno clica nos itens (torre, barco, árvore). 4- o aluno calcula num rascunho a parte a altura da estátua. 4- o aluno digita sua resposta na caixa de texto. 5- o aluno clica no botão verde e observa a resposta do aplicativo. No segundo experimento: 1- o aluno “abre” o aplicativo. 2- o alunos explora o ambiente e lê o conteúdo exposto. 3- o aluno clica nos botões laranjas (mais cedo, mais tarde). 4- o aluno calcula num rascunho a parte a altura da pirâmide. 4- o aluno digita sua resposta na caixa de texto. 5- o aluno clica no botão verde e observa a resposta do aplicativo.

Clique aqui e conheça o conteúdo produzido

Texto Original: RIVED

(CC BY-NC Acervo Educarede Brasil)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *